Vereador Juruna tem mandado de prisão “esquecido” pela Polícia e Justiça

juruna-marcusO juiz da 1ª Vara Criminal Danniel Gustavo Bomfim da Silva determinou a prisão do vereador do PSL José Carlos dos Santos Lima, popularmente conhecido como “Juruna”, na última sexta-feira. Até agora, o vereador continua livre.

O vereador é acusado de tráfico de influência, inserção de dados falsos em sistema de informações, falsificação de documentos públicos, corrupção ativa, peculato e falsidade ideológica.

A denúncia foi tornada pública pelo advogado Gabriel Santos, uma das lideranças da Rede Sustentabilidade no Acre, partido que faz oposição à gestão petista de Marcus Alexandre e tem capitalizado politicamente os protestos contra o aumento do preço da passagem de ônibus na Capital.

150217-politica-mandadojudicialjuruna-cedida“Uma manobra feita entre a base do governo na Câmara de Vereadores, a Mesa Diretora e o diretório do PSL retirou o vereador Emerson Jarude (PSL) da CPI do Transporte, colocando em seu lugar o aliado político do prefeito, o vereador Juruna (PSL)”, aponta o advogado.

“Acontece que o Juruna é ficha suja, inclusive, após uma busca na base do CNJ, verifiquei que ele tem um mandado de prisão em aberto desde sexta-feira, em razão de vários crimes. O que falta para a polícia ir prendê-lo?”, pergunta.

O secretário de Estado de Polícia Civil, Flávio Portela, foi procurado para responder ao que motivou o não cumprimento da ordem judicial até agora, mas não atendeu às ligações.

As informações são do site Agazeta.net, por Itaan Arruda.

1 Comentário

Comments are closed.