Vagner Sales nega denúncias e lamenta que notícias de má fé são politiqueiras

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales lamenta que notícias de má fé e eminentemente politiqueiras, como essa, ainda continuem sendo motivo para qualquer pessoa desqualificada, intitulando-se “paladino da justiça”, ocupe a mídia com o objetivo de denegrir e colocar em cheque sem nenhum critério jornalístico uma administração que tem se pautado pelo compromisso com a utilização correta dos recursos públicos.

O assunto abordado na matéria Suspeita de fraude em licitação da prefeitura de Cruzeiro do Sul é referente aos recursos adquiridos junto a Superintendência da Zona Franca de Manaus – SUFRAMA. A razão da escolha dos fornecedores de insumos para pavimentação asfaltica, envolvendo a PETROBRÁS DISTRIBUIDORA S/A, CNPJ nº 34274233/0001-02, e J. B. CORREIA E CIA LTDA CNPJ nº 04.786.148/0001-54, deu-se pelo fato de não ter havido interessados nos certames licitatórios nºs. 11/2011, do dia 11/02/2011, nº 19/2011 dia 28/02/2011 e 25/2011, dia 17/03/2011, bem como, a vantagem de preço oferecido pela PETROBRÁS DISTRIBUIDORA S/A, em torno de 50% mais barato (cinqüenta por cento) em relação ao que é praticado no mercado local, justifica plenamente a aquisição dos produtos desses fornecedores.

A dispensa de licitação foi feita com fundamento no artigo 24 inciso 4º e art. 26 da Lei Federal nº 8.666/93, e todos os editais de licitação foram publicados nos meios de comunicação.

O Valor da tonelada de asfalto oferecida por outras empresas locais era de R$ 3.600,00.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul adquiriu direto da refinaria pelo valor de R$ 1.955,00 a tonelada. A economia feita por tonelada de insumos é no valor de R$ 1.645,00 reais.

Segundo Vagner Sales ele foi o único prefeito que comprou asfalto desse preço. “Não sei por qual motivo uma pessoa que não tem moral nenhuma, nem em Cruzeiro do Sul, nem a nível de estado tem tanto espaço nos meios de comunicação. Pelo que se pode ver a denuncia é vazia, sem fundamento e o mais importante não é nova. Esse ai é dos que não se conformam, de estarmos fazendo uma administração séria e compromissada com o povo cruzeirense. Fizemos uma economia de quase 50% em favor do município e com isso compramos muito mais asfalto, para melhorar as condições de tráfego das nossas estradas. Pelo visto acho que esse rapaz queria era que eu tivesse comprado pelo preço mais caro. Vamos continuar fazendo assim. Agindo dentro da legalidade, defendendo o município e pechinchando na hora de comprar”, afirmou o prefeito.

Fonte: Tribuna do Juruá

Envie uma resposta