Suspeitos de matar jovens após briga em casa noturna são identificados

jovens-mortosAtravés de imagens de câmeras de segurança e relatos de testemunhas, a Polícia Civil identificou dois homens como suspeitos da morte dos jovens Junior de Souza Amaral, de 27 anos e José Luiz Souza Costa, de 31.

Os jovens foram mortos a facadas, na madrugada de domingo (19), após uma briga generalizada na frente de uma casa noturna em Epitaciolândia, no interior do Acre.

O delegado de Polícia Civil que investiga o caso, Roberto Lucena, informou que, dos suspeitos, um já foi preso e o outro continua foragido e que eles teriam uma rixa antiga com as vítimas. Segundo Lucena, o suspeito, de 28 anos, confessou o crime. 

“Já verificamos as imagens, ouvimos testemunhas e identificamos dois autores. Um foi preso e assumiu a autoria do crime. Os supostos autores eram primos e já tinham rixa com as vítimas, que eram amigos. A informação é que a briga foi por causa de uma terceira pessoa”, detalhou o delegado.

Entenda o caso
Dois homens, de 27 e 31 anos morreram depois de serem esfaqueados na madrugada deste domingo (19), no bairro Liberdade, em frente a uma casa noturna na cidade de Epitaciolândia, no interior do estado.

De acordo com informações da Polícia Militar registradas no boletim de ocorrência, os crimes ocorreram por causa de uma briga generalizada no final da festa.

As vítimas identificadas como Junior de Souza Amaral, de 27 anos e José Luiz Souza Costa, de 31, foram socorridas e levadas por populares ao hospital de Brasileia, cidade vizinha, mas não resistiram aos ferimentos e morreram na unidade de saúde.

O crime ocorreu por volta das 4h e inicialmente nenhum dos envolvidos havia sido preso. Informações preliminares apontavam que um homem teria iniciado a briga com uma das vítimas, a outra foi apartar e acabou também sendo atingida por golpe de faca.

As informações são do G1 AC, por Iryá Rodrigues.

2 Comentários

Comments are closed.