Sangue frio: Garota que filmou decapitação é presa em Rio Branco

camgirlCrimeA polícia prendeu, nesta terça (6) e quarta-feira (7), mais três pessoas suspeitas de ter envolvimento no assassinato da jovem Débora Bessa, de 19 anos, encontrada decapitada em um bairro de Rio Branco. Além disso, as imagens do crime contra Débora foram compartilhadas nas redes sociais.

No fim de janeiro, André de Souza Martins, de 28 anos, foi preso e confessou o crime. Ele alega ter agido por vingança. Já nessa semana, a polícia chegou a Luceli Souza do Nascimento, de 18 anos.

Ela foi presa e dois menores apreendidos na Vila do V. Luceli confessou que gravou o vídeo, mas garante que não participou da morte.

“Ela não participou de modo efetivo, mas, de qualquer forma, participou do delito e também vai ser investigada por integrar facção criminosa. Ela afirmou que estava presente no local e fez as filmagens. Junto com a prisão dela, conseguimos cumprir os mandados de internação dos dois adolescentes que também tiveram participação”, disse o delegado.

Débora estava desaparecida desde o dia 9 de janeiro e foi encontrada morta quatro dias depois em uma região de mata, no bairro Caladinho, em Rio Branco. Débora foi membro de uma facção criminosa atuante na capital e, segundo familiares, tinha se desligado para cuidar do filho de 1 ano.

As informações e imagem são do G1 AC, por Karoline Oliveira.