Prefeitura de Rio Branco decreta situação de emergência

alaga-recanto-buritisPrefeitura Municipal de Rio Branco decretou, na noite desta quinta-feira (15), situação de emergência após a enxurrada que atingiu a capital acreana entre os dias 13 e 14. Ao todo, 30 bairros foram atingidos e 50 localidades afetadas. Foram diretamente atingidas 1,5 mil famílias, sendo ao menos seis mil pessoas, segundo a Secretaria das Cidades.

Em apenas 10 horas, choveu 277 milímetros quase todo o esperado para o mês, 280 milímetros. A precipitação causou enchentes e transbordamentos em vários pontos da cidade e em diversos igarapés que cortam alguns bairros da capital acreana.

A prefeitura informou que decidiu decretar situação de emergência para prestar maior assistência às famílias. A pasta já estava dando apoio desde a terça (13). Com o decreto, n. 154 de 15 de fevereiro de 2018, o município pretende dar celeridade no processo de resposta e assistência aos atingidos.

O Rio Acre está com 12,54 metros, nesta sexta (16), de acordo com a Defesa Civil Municipal. Com a enxurrada, os igarapés Almoço e Judia, no 2º Distrito, e Amaro, Batista, Dias Martins e São Francisco, 1º Distrito, transbordaram. A média de chuvas para o mês de fevereiro é de 280mm e já choveu até esta sexta (16) 438mm.

Jovem desapareceu ao tomar banho em igarapé que transbordou em Rio Branco  (Foto: Lillian Lima/Rede Amazônica Acre)

Jovem desapareceu ao tomar banho em igarapé que transbordou em Rio Branco (Foto: Lillian Lima/Rede Amazônica Acre)

Bairros que foram afetados com a enxurrada

Plácido de Castro, João Paulo, São Sebastião, Bahia Nova, Bahia Velha, Carandá, Cabreúva, João Eduardo I, João Eduardo II, Boa Vista, Sobral, Bosque, Pista, Palheiral, Glória, Santo Afonso da Baixada, Boa União, Estação Experimental, Conquista, Nova Estação, Bairro da Paz, Valdemar Maciel, Edson Cadaxo, Vila Maria, Vila Hélio Melo, Parque das Palmeiras, Geraldo Fleming, Bom Jesus, Belo Jardim I, Belo Jardim II, Recanto dos Buritis, Canaã, Santa Inês, Ramal São José, Ramal da Zezé, 6 de Agosto, Areal, Comara, Mocinha Magalhães, Joafra, Betel, Ilson Ribeiro, Novo Calafate, Village Tiradentes, Vila Albert Sampaio, Liberdade Rural, Benfica.

Ao todo, 500 kits foram distribuídos à comunidade pela Secretaria de Saúde Municipal. As famílias que estão recebendo os kits são as que moram nos bairros Carandá, Recanto dos Buritis e Bairro da Paz. O kit tem balde, vassoura, sabão em pó, pano de chão e água sanitária.

A maioria das ocorrências foi de casas alagadas, idosos e também animais que ficaram ilhados devido ao grande volume de água que tomou de conta das moradias. O Aeroporto de Rio Branco chegou a ser fechado.

Raimundo da Silva Rodrigues, de 18 anos, desapareceu desde o meio-dia desta quarta (14). Ele e os amigos tomavam banho no Igarapé São Francisco, na região do bairro Tropical, quando Rodrigues sumiu nas águas.

Dois bairros que foram mais afetados com o temporal tiveram a energia suspensa pela Eletrobras Distribuição Acre. O acumulado de chuvas nos primeiros 14 dias do mês já ultrapassou em 60% o esperado para todo fevereiro. Eram previstos 279 milímetros, mas, somente nesta terça (13), choveu 277,6 milímetros.

As informações são do G1 AC, por Janine Brasil.