“Na próxima pirâmide pediremos o perdimento dos bens de todos que formaram rede”, dispara Alessandra Marques

A polêmica envolvendo postagens de um fake do Diretor da empresa TelexFree, Carlos Costa, com insinuações maldosas e infundadas sobre o trágico suicídio da promotora Nicole Arnoldi, ocorrido na noite do último domingo (29), em seu apartamento, em Rio Branco – Acre, tem gerado revolta entre populares, amigos e colegas de trabalho da promotora.

leia também:

Desta vez, o desabafo foi da colega de trabalho, que também participou do bloqueio da empresa TelexFREE, Alessandra Marques:

“Pois podem dizer ao Fake ou não de seja lá quem for, que nossa consciência nos levaria a fazer tudo de novo e mais, na próxima pirâmide pediremos o perdimento dos bens de todos que formaram rede, porque cada um rico ou pobre que fez rede fez pirâmide! Somente num país de ladrões, pessoas em nome de Deus formam pirâmides!”, disparou a Promotora.

Apresentação1

Em postagens anteriores, a promotora foi ainda mais incisiva:

“Todos os que hoje estão fazendo a festa insana com relação à morte de nossa colega não terão a mesma generosidade mais, pois quem formulou o pedido de devolução foi ela, quando me substituía, mas como ela não mais poderá me substituir, nunca mais haverá pedido de devolução”, disparou.

“Infelizmente para gente estúpida palavras não bastam, mas como não sei desenhar, vamos lá. Na próxima pirâmide financeira que for por mim investigada, ao contrário do que aconteceu com a última, não haverá de minha parte nenhum pedido de devolução de dinheiro para todos os ricos ou pobres que fizeram rede. Decorem. Quem forma rede pratica ilícitos penal e civil”, disse.

A promotora concluiu afirmando: “Espero a todos que usam Deus para falar de pirâmides, que queimem no inferno pessoal em que já vivem, porque, quanto a todas as pessoas de bem que ainda existem neste país miserável, corrupto e lotado de gente igualmente corrupta, temos a paz de dormimos sempre com a consciência tranquila”.

leia também:

Envie uma resposta