CPI dos Transportes: oposição deve apresentar relatório paralelo ao elaborado pelo relator

DUARTEOposição deve entregar ao prefeito relatório paralelo

A entrega do relatório da CPI dos Transportes será prorrogada por mais 20 dias. O documento que aponta se existem irregularidades nos contratos entre a Prefeitura de Rio Branco e as empresas de transporte coletivo deveria estar pronto na sexta-feira (23).

A comissão ainda está recebendo documentos da Prefeitura. São aditivos dos contratos com as empresas, documentos que foram requisitados pelo vereador Roberto Duarte (PMDB).

O relator da CPI, Jackson Ramos, decidiu prorrogar o prazo e ter mais tempo para a análise das planilhas. “São muitos documentos, quase mil folhas. Isso leva tempo para verificar cada lançamento. Além disso, o vereador que pediu a documentação, Roberto Duarte, está viajando”, esclareceu.

Mesmo com os documentos em fase de estudos, o relator garantiu que 85% do relatório final da CPI já estão prontos, e acredita que esses documentos vão mudar pouca coisa do que já foi relatado.

“Talvez algumas páginas precisem passar por mudanças para incluir algum novo dado, mas o relatório está praticamente pronto”, disse Ramos.

O resultado da CPI que buscava irregularidades nos contratos firmados entre prefeitura e empresas nem chegou ao final e já é contestado pela oposição. O vereador Roberto Duarte, um dos membros da comissão, disse que vai fazer um relatório paralelo porque encontrou diversas irregularidades que não serão recebidas pelos outros membros da CPI. Dos cinco titulares, três são da base do governo. Um deles é o próprio líder do prefeito Eduardo Farias.

O relator, que é do mesmo partido do prefeito, disse que o relatório será apresentado até 14 de julho, depois haverá apenas mais uma sessão antes do recesso da Câmara que começa dia 18 de julho.

As informações são do site Agazeta.net, por Adailson Oliveira.