Consumidor flagra larvas em pacote de calabresa em supermercado Makro no Acre

larvas-makroO autônomo Marcelo Figueredo, de 29 anos, gravou um vídeo mostrando um pacote de calabresa aberto e coberto de larvas de mosca dentro do supermercado Makro, em Rio Branco. De acordo com ele, estava ropido por ratos e, revoltado com a situação, resolveu gravar um vídeo e postar no perfil do Facebook para ‘alertar’ os amigos sobre a surpresa que teve na manhã desta quinta-feira (11) ao tentar comprar o produto.

“Aí eu vou no Makro em Rio Branco Acre comprar um pacote de calabresa para o almoço e olha o que vem de brinde. Já não bastava o papelão agora é tapuru”, escreveu Figueredo ao postar a foto.

O G1 entrou em contato com a rede de supermercados Makro, que informou ter tomado todas as medidas necessárias para apuração da ocorrência e correção de eventuais falhas, “com o objetivo de sempre atender aos elevados padrões de qualidade e higiene que caracterizam as suas operações”, destaca em nota.

A empresa diz ainda que a Vigilância Sanitária realizou, nesta sexta-feira (12), uma fiscalização nos produtos disponíveis nas gôndolas e também os armazenados na loja Makro de Rio Branco, “atestando que a empresa está dentro das normas de qualidades impostas pelo órgão”, diz.

O autônomo disse que estava fazendo feira quando viu que um dos pacotes de calabresa estava aberto na prateleira. Ao perceber as larvas de mosca no pacote, decidiu procurar um dos funcionários do supermercado.

“Quando passei pela prateleira vi aquele absurdo lá. O pacote estava todo roído de rato, e com certeza a mosca passou e colocou suas larvas. Tinha muitas larvas. Daí chamei o funcionário que estava mais próximo, mostrei e pedi que ele retirasse aqueles pacotes de lá, já que os ratos deviam ter passado por todos eles. Mas, ele tirou somente o que estava roído e com larvas. Foi quando eu chamei a gerente, ela pediu desculpas e chamou o pessoal da limpeza”, contou.

O autônomo afirmou que não denunciou o flagrante a nenhum órgão competente. “Postei para alertar meus amigos para prestarem atenção quando forem comprar alguma coisa. Mas a postagem teve grande repercussão”, disse.

As informações são do G1 AC, por Iryá Rodrigues.