Comércio acreano pessimista para o Dia dos Namorados

Data marromA semana que antecede o Dia dos Namorados começou em ritmo lento para o comércio local. A data é considerada a terceira melhor para vendas, segundo os empresários, e só fica atrás do Natal e do Dia das Mães.

Em tempos de crise, as lojas tentam chamar mais ainda a atenção dos clientes com promoções e vitrines decoradas. Opções de presentes não faltam. Na falta de dinheiro, para quem vai comprar uma lembrança para a pessoa amada será necessário criatividade.

Mesmo com as ofertas, os preços não estão muito atrativos. Esse casal, que vive junto há 31 anos, disse que não perdeu a vontade de trocar presentes nessa data. O pedreiro Antônio Batista completa 57 anos no dia dos namorados e a mulher promete comemoração em dobro.

Mas ele também pretende homenagear sua companheira nesse dia 12 de junho.

As informações e imagem são do site Agazeta.net, por Jardel Angelim.

Envie uma resposta