Após ser invadida 3 vezes em 6 dias, escola no AC tem aulas canceladas

Em um espaço de seis dias, a Escola Estadual Boa União Ensino Jovem, em Rio Branco, perdeu uma geladeira, um bebedouro, televisores e até merenda. O material foi levado em sucessivas invasões à unidade, o que levou a direção a cancelar temporariamente as aulas.

Segundo funcionários, foram suspeitos invadiram a escola, no bairro Boa União, em três oportunidades. Uma na última quinta-feira (14) e outra no sábado (16) e a última na madrugada de quarta-feira (20).
A direção da escola não quis comentar o caso. Porém, um aviso alegando "motivo de força maior" foi fixado no portão e anunciando a volta às aulas apenas na próxima segunda-feira (25).

Segundo um servidor, que prefere não ser identificado, o monitoramento através de câmeras de segurança foi retirado e não há vigias capacitados para conter o assaltantes.
O  diretor de gestão estratégica da Secretaria de Estado de Educação (SEE-AC), Evaldo Viana, lamentou a situação e disse que a instituição faz parte de um grupo de dez escolas cujos diretores optaram pelo serviço de vigilantes ao invés de câmeras.

"Por decisão dessas próprias comunidades escolares, elas passaram a ser cobertas por vigilantes e mesmo assim, infelizmente, o roubo aconteceu. Um processo licitatório está tramitando em caráter de urgência para montar uma Central de Segurança Escolar. Esse sistema vai monitorar todos os estabelecimentos que optarem pelo uso de câmeras", disse.

Escola foi assaltada três vezes em menos de uma semana (Foto: Arquivo Pessoal)Escola foi assaltada três vezes em menos de uma
semana (Foto: Arquivo Pessoal)

‘Levaram tudo’, diz funcionário de escola
O servidor relata ainda, que a escola já foi vítima de outros furtos e a direção registrou vários boletins de ocorrências e cederam imagens para a polícia quando havia câmeras no local, porém, o problema persiste.

"Nesse último assalto eles fizeram um arrastão, levaram tudo. A sala da direção, coordenação, sala de vídeo e a cantina foram arrombadas. Quebraram portas e grades, os cadeados estavam todos no chão. Acredito que os assaltantes possuem transporte, pois levaram até geladeira e saíram pelos fundos da escola", conta.

Sem câmeras, o servidor conta que funcionários e alunos se sentem inseguros.
"Percebemos que o aumento de roubo nas escolas aumentou muito, então acho que é preciso atitude em relação a isso. A SEE-AC vai devolver as coisas e vão roubar de novo", finaliza.

As informações são do G1 AC, por Quésia Melo.

Envie uma resposta