ANTÔNIA LÚCIA DISCUTE SEU PLANO DE GOVERNO COM A AMAC

No dia 03 de setembro, às 20h00min horas, na sede da Associação Médica do Acre (AMAC), sita à Av. Ceará, número 301, no Bairro Cadeia Velho, nesta capital, a candidata à prefeita de Rio Branco, Antônia Lúcia reuniu-se com os representantes da classe médica.

A reunião foi aberta pela presidente da associação médica, doutora Jene Greyce Oliveira da Cruz, que deu as boas vindas à candidata em nome da classe.  Após a apresentação, passou a palavra à deputada Antônia Lúcia, que, em linhas gerais, traçou seu plano de governo relativo à saúde.

Em suas palavras iniciais Antônia Lúcia disse que reconhece que a classe médica exerce um relevantíssimo papel perante a sociedade de Rio Branco, comprometendo-se   em adotar as políticas públicas que melhor contemple os interesses da população, e que ditas políticas sejam sempre discutidas e implementadas, após ouvida a categoria médica.

Quero  valorizar a categoria dos médicos da cidade de Rio Branco, lutando para que os profissionais sejam reposicionados profissionalmente, qualificando-os através de cursos, seminários, simpósios, e outras modalidades de aperfeiçoamento técnico e  intelectual, sempre no escopo de prestar melhor serviço à população.

Antônia Lúcia fez questão de afirmar que o uso e dependência química do Crack e outras drogas se constituem em uma verdadeira epidemia, que muito contribue  para o caos social que hoje vivemos. Adotarei  políticas públicas, com apoio dos médicos, no sentido de erradicar a tragédia que se abate sobre a sociedade.

Para prevenir e recuperar os usuários e dependentes químicos de Rio Branco, Antônia Lúcia disse que os CAPS-AD, são instrumentos dos quais se socorrerá. “Quero implantar em cada uma das sete regionais em que está divida a cidade  um desses Centros”, mas sempre contando com o apoio e assessoramento da classe médica.

Como legítima representante das mulheres, por ser uma delas, e reconhecendo as  suas vulnerabilidades, a elas darei um melhor tratamento, sobretudo na questão da saúde. Como candidata a prefeita de Rio Branco, quero me comprometer  em dar tratamento especial à saúde da mulher, criando políticas públicas específicas para atendê-las.

Os estudantes de medicina e outras áreas ligadas à saúde, no meu governo – disse Antônia Lúcia -, serão altamente valorizados. Fomentarei convênios que contemplem o aprimoramento profissional dos futuros médicos, abrindo oportunidades em vários setores da administração pública para que possam estagiar.

Os mais vulneráveis da sociedade, especialmente no que diz respeito à saúde, são  presos, crianças, idosos e indígenas.  Em parceria com os médicos, como candidata assumo o compromisso de programar as políticas públicas necessárias ao atendimento desses setores desprotegidos.

A cidade de Rio Branco está dividida em sete regionais. Nessas regionais (afirmou), em parceria com o Governo Federal é meu objetivo oferecer melhores serviços de atendimento odontológico à população de Rio Branco em tais regionais, com  ênfase na prevenção e educação da saúde bucal.

Observa-se hoje na cidade de Rio Branco que os gestores têm colocado os pacientes contra a classe médica. Reconheço que a deficiência dos serviços não pode ser transferida para os profissionais. Comprometo-me em resolver esse grave problema que aflige a categoria. Finalizou.

Da Assessoria

Envie uma resposta