Acre tem 52 mil desempregados, diz IBGE

cotidiano-desempregoQuase metade das vagas oferecidas não existe mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, PNAD, do IBGE, mostra que, no Acre, 52 mil pessoas estão desempregadas. Esses dados são referentes aos meses de janeiro a março desse ano.

Quando comparados ao último trimestre do ano passado, houve um crescimento de 15 mil trabalhadores que ficaram fora do mercado. E quando o cálculo é feito usando janeiro de 2016, quando havia 37 mil desempregados, o resultado é mais preocupante ainda. Quase metade das vagas de empregos oferecidas não existe mais.

Para montar a pesquisa, a coordenadora Lara Esteves explica que a cada três meses o IBGE vai até as residências e fala direto com o trabalhador. Os levantamentos de emprego mostram que as vagas que eram oferecidas estão cada vez menor. No Acre 16% das pessoas com idade para trabalhar estão sem emprego.

Em comparação com os outros estados, o Acre foi quem mais apresentou crescimento na curva do desemprego. Em Rio Branco, o índice de desempregados chegou a 16,4%, um aumento de 3,4% em três meses.

“Não buscamos as causas do desemprego, mas a própria situação política e econômica do país explica a perda de tantos postos de trabalho”, completou.

Outro número que chamou a atenção, é que o setor de pecuária e agricultura, o segundo que mais empregava está liderando o ranking de demissões. São 34 mil pessoas trabalhando no setor, um ano atrás eram 61 mil empregados.

Com a falta de vagas no mercado formal, muita gente foi trabalhar na rua. Estão vendendo os mais diferentes produtos e serviços. A PNAD aponta um crescimento de 9% de pessoas que apostaram trabalhar sem carteira assinada.

As informações são do site Agazeta.net, por Adailson Oliveira.

22 Comentários

  1. Title

    […]we prefer to honor quite a few other web web pages on the web, even when they aren’t linked to us, by linking to them. Under are some webpages really worth checking out[…]

  2. Title

    […]we like to honor lots of other world wide web sites on the net, even when they aren’t linked to us, by linking to them. Under are some webpages really worth checking out[…]

Comments are closed.